Políticas Públicas

Sebrae reconhece iniciativas de prefeitos empreendedores paraenses

Durante cerimônia de premiação ocorreu lançamento do programa Cidade Empreendedora

Prefeitos de 17 municípios paraenses foram reconhecidas com o  Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor, que visa premiar  iniciativas que gerem um ambiente favorável ao crescimento e desenvolvimento de pequenos negócios nos municípios. A etapa estadual do evento, ocorreu no último dia 29, no Hangar - Centro de Convenções e Feiras da Amazônia, ocasião em que foi lançado o Programa Cidade Empreendera. Na ocasião, prefeitos e representantes participaram do evento que reuniu várias autoridades, conselheiros do Sebrae, assessores, técnicos e representantes de diversos segmentos da sociedade civil.

Nesta edição, 129 prefeituras foram inscritas, o que representa 90% das prefeituras do estado e 98% da densidade empresarial; 109 projetos cadastrados; 84 projetos habilitados e 60 municípios com projetos inscritos finalistas.

Esta é décima edição da premiação, que funciona em ciclos, sendo o atual 2017/2019. O Prêmio é dividido nas etapas estadual e nacional. Todos os projetos vencedores na etapa estadual irão automaticamente participar da etapa nacional do PSPE. “Esta é a maior edição do Prêmio. Passamos de 22 prefeituras no início do prêmio para 129, o que é um grande sucesso, pois se trata de um resultado direto da eficácia da diretriz de atuar de maneira municipalizada. Portanto,  esse número mostra que estamos sendo eficientes no cumprimento da nossa missão”, comentou Fabrizio Guaglianone, diretor-superintendente do Sebrae no Pará.

“Os prefeitos estão aqui, merecidamente, para receber esse prêmio, pois a premiação visa valorizar os gestores que entenderam a importância da geração de um ambiente de negócios em seus municípios. Daí a necessidade de incentivar os gestores a seguirem esse caminho, implantando boas práticas de gestão e servindo de inspiração para outros”, comentou o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do Sebrae, Fernando Yamada.

Reconhecimento

Para o prefeito de Parauapebas, Darci Lermen, que venceu na categoria projeto Destaque da região Carajás II,  com o projeto “Negócio da nossa gente, simples ficou”, a premiação é um grande reconhecimento para todos os que trabalham em seu governo.  “Trata-se de uma equipe que trabalhou muito empenhada em dar o seu melhor e a parceria com o Sebrae sempre gera bons resultados, pois financiamos 800 iniciativas de pequenos negócios pelo Banco do povo, resultado direto do projeto vencedor” comentou o prefeito.

O mesmo disse o prefeito de Santa Izabel do Pará, Evandro Barros Watanabe, que venceu na categoria projeto destaque na Região Guamá, com o projeto Agricultura Familiar - Sustentabilidade e Inovação nos Pequenos Negócios no Campo. “É um prêmio que valoriza o bom gestor pois o incentiva a fazer sempre mais pelo seu município e esse prêmio é para a toda a minha equipe que trabalha de maneira incessante com sentimento de pertencimento e de necessidade de fazer melhor para o cidadão de Santa Izabel”, disse.


Cidade Empreendedora

Ainda na noite da cerimônia, a diretoria do Sebrae no Pará aproveitou o público alvo presente para lançar o programa Cidade Empreendedora, cunho objetivo é promover a transformação econômica de municípios onde é implantado. Na ocasião, vários prefeitos se interessaram em aderir ao programa.

Organizado pelo Sebrae , o programa possui  11 eixos de atuação  voltados para a gestão pública e lideranças locais com foco na melhoria do ambiente de negócios, pela implantação de políticas públicas e ações de desenvolvimento para os pequenos negócios. O programa visa promover um ambiente de negócios favorável por meio da Lei Geral e de políticas estruturantes de desenvolvimento; promover a mobilização econômica das regiões; estimular o protagonismo local, etc.

O município que aderir ao programa vai ser disponibilizado pacotes de soluções que permitirá o aprimoramento do ambiente de negócios presentes no município. Trata-se de uma série de soluções impactantes formatadas para atender os diferentes municípios paraenses dentro de cada realidade encontrada. O programa vai ter início no próximo semestre no Pará.