Empreendedorismo feminino

Sebrae premia mulheres empreendedoras paraenses

Vencedoras paraenses seguem para a fase nacional da premiação, cujo resultado será divulgado no mês de outubro, em Brasília

O Sebrae no Pará divulga, nesta quinta-feira (17), as vencedoras da etapa estadual do Prêmio Sebrae Mulher de Negócios. O prêmio existe desde 2004 e representa o reconhecimento da trajetória de vida das mulheres de coragem e suas histórias de luta e conquistas. O evento será no espaço Usina 265, em Belém, a partir das 19h.

Serão premiadas três candidatas nas categorias: Pequenos Negócios, Microempreendedora Individual e Produtora Rural, que receberão troféu e certificados, além de garantirem o direito de uso do selo de vencedoras da premiação. As vencedoras da etapa estadual passam para a fase nacional da premiação.

 Mais de três mil mulheres se inscreveram na premiação em nível nacional. O estado do Pará recebeu 587 inscrições, o maior número registrado em todo o país. Desse total, 337 foram da categoria “Pequenos Negócios”, 187 da categoria “Microempreendedora Individual” e 20 da categoria “Produtora Rural”, considerando empreendimentos ligados ao agronegócio, artesanato, comércio, indústria e serviço. 

As candidatas foram avaliadas em aspectos de gestão relativos a áreas como marketing e vendas, finanças, gestão de pessoas e inovação além do relato de vida das empreendedoras que colaboram efetivamente com o engrandecimento da atividade empresarial no Pará.

"Além de buscarmos promover a capacitação dessas empreendedoras, queremos dar o reconhecimento aos talentos das empresas paraenses lideradas por mulheres, destacando a coragem, a determinação e, claro, a visão empreendedora delas", enfatizou o gerente de soluções e inovação, Péricles Diniz.

 

GEM

As mulheres que concorrem ao prêmio reúnem histórias que confirmam a importância crescente do empreendedorismo feminino no Brasil: conforme pesquisa realizada pelo Sebrae e pelo Instituto Brasileiro de Qualidade e Produtividade (IBPQ), a Global Entrepreneurship Monitor (GEM), em 2016, e publicada recentemente, as mulheres têm superado os homens na criação de novos negócios.

 Dados do estudo mostram que a taxa de empreendedorismo feminino, com relação à criação de novas empresas (até 3,5 anos? de existência) ?, é de 15,4%, enquanto que a porcentagem masculina é de 12,6%. 

 

Caso do Pará

O número de atendimentos no Sebrae às mulheres vem crescendo nos últimos anos: em 2016 foi de 46%, taxa superada nos seis primeiros meses deste ano, quando chegou a 48% dos atendidos pela instituição.

 

Prêmio

O Prêmio Sebrae Mulher de Negócios é uma parceria entre Sebrae, a Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM) e a Federação das Associações de Mulheres de Negócios e Profissionais do Brasil (BPW). A premiação tem apoio técnico da Fundação Nacional da Qualidade (FNQ).

Ao todo serão selecionadas até 81 candidatas, até três por estado mais o Distrito Federal, que participarão da etapa nacional. No final da etapa nacional, as nove ganhadoras serão conhecidas em outubro, durante solenidade na sede do Sebrae Nacional, em Brasília (DF). Elas terão direito a uma viagem nacional para participar de uma missão técnica com foco em capacitação, a um certificado, ao selo de vencedora e ao troféu.