Oportunidade

Estudantes visitam a Feira de Artesanato do Círio

Evento realizado pelo Sebrae vai até essa quarta-feira, na Casa das Artes, em Belém

Alunos do sétimo ano do Centro Educacional Emília, da Cidade Nova, em Ananindeua, visitaram a Feira de Artesanato do Círio na manhã desta terça-feira (16) para conhecer um pouco mais sobre os produtos de miriti. A Feira ocorre até amanhã (17), das 9h às 22h, na Casa das Artes, ao lado da Basílica Santuário de Nazaré, em Belém.

O principal objetivo da visita foi a preparação dos alunos para um evento da escola. “No dia 9 de novembro, vamos realizar a Feira de Cultura da escola, cujo tema será a representação econômica, social e ambiental. Vir à Feira nos ajuda a fazer um evento muito melhor”, acredita Nilce Lima, professora de geográfica, que coordenou a visita.

Além de visitar os estandes, para conhecer as peças e conversar com os artesãos, os estudantes participaram de um bate-papo com um dos coordenadores do evento, Delzimar Braga, e os artesãos Joel e Valdeli, de Abaetetuba. “O artesanato de miriti é um produto tradicional, que demostra bem a riqueza desse segmento, contam histórias e ajudam a manter muitas famílias”, comentou.

“A gente aprendeu muita coisa, para apresentar na nossa feira. Aqui, tudo muito bonito, os brinquedos de miriti, a cerâmica também. Muito legal”, disse João Vitor Alencar.

Feira

A grande novidade da Feira de Artesanato do Círio 2018 são as coleções Mãe da Terra e Miriti, criadas exclusivamente para o evento, produzidas por artesãos de Abaetetuba e ceramistas de Icoaraci.

Também são encontradas na FAC as Cuias de Aritapera e os Trançados de Arapiuns, famosos trabalhos de mulheres ribeirinhas às margens do rio Tapajós, em Santarém; búfalos do Marajó esculpidos em argila, compondo peças em cerâmica que contam um pouco da história centenária da presença do animal na Ilha; cerâmicas marajoara e tapajônicas, com destaque para o regaste histórico de produção em Santarém e para peças inéditas que serão relançadas na Feira.

A Feira também apresenta peças fabricadas a partir de fibras da Amazônia, como o tururi, base para a produção de uma biomassa, com a qual são feitos papeis ecológicos usados na produção de objetos como cadernos e acessórios; além de diversos produtos que estão ligados diretamente ao tema Círio de Nazaré, como enfeites de porta, chaveiros, bonecos, biojoias, camisas, embalagens, bonecos, entre outros.

Serviço

Feira de Artesanato do Círio 2018. De 10 a 17 de outubro. Casa das Artes, ao lado da Basílica Santuário de Nazaré. Informações 0800 570 0800

 

Horário de funcionamento:

10 (quarta-feira) - 14h às 22h

11 a 13 de outubro – 9h às 22h

14 (domingo) – 14h às 22h

15 a 17 de outubro – 9h às 22h