Agronegócios

Castanhal recebe a 2º edição da Feira do Produtor Rural

Evento reuniu mais de cem produtores rurais da região Guamá, no estado do Pará

Cerca de 150 produtores rurais de Castanhal e de outros sete municípios da região Guamá, no estado do Pará, participaram da segunda edição da Feira Livre do Produtor Rural, nos dias 23 e 24 de agosto, em Castanhal. A iniciativa é do Sebrae no Pará em parceria com a prefeitura Municipal, a Associação do comércio Agropecuário do Nordeste Paraense (ACANPA) e a Associação da Feira do Produtor Rural de Castanhal (AFEPRUC).

 

A ação faz parte do projeto de Dinamização da Feira do Produtor Rural desenvolvido pelo Sebrae no estado, por meio do atendimento às Feiras Livres do Produtor Rural, que prevê planos de ação, incluindo a capacitação dos feirantes, do produtor e a dinamização das feiras, utilizando o material promocional para atrair novos clientes e estimular ao consumo de produtos da agricultura familiar.

A gerente do Sebrae na região Guamá, Gisele Silva, ressaltou, durante a apresentação de resultados da Feira no evento de Dinamização de 2017, que o projeto atende os produtores rurais e feirantes em três importantes pilares que envolvem a gestão empresarial, a inovação e o mercado.  “Muitos produtores e feirantes buscam orientações sobre controle financeiro, marketing e sobre as práticas de comercialização, especialmente no que diz respeito a compras governamentais, e é neste contexto que o Sebrae entra para capacitar e oferecer soluções para impulsionar a venda dos produtos do campo”, esclarece a gerente.

Um dos negócios que ainda está segurando a economia do nosso país é o agronegócio, e eu destaco aqui que o que é produzido por essas pessoas que trabalham diariamente para oferecer alimentos de qualidade, nem sempre temos como encontrar em outros estabelecimentos da nossa região, por isso precisamos fomentar projetos como esse” para a nossa mesa prefeito Municipal de Castanhal, Pedro Coelho Filho.

Para a produtora Maria Sebastiana Chaves, a feira é uma forma de valorizar os produtores e fortalecer a agricultura familiar. “Essa feira tem uma importância muito grande para nós. É uma garantia de comércio, de troca de conhecimento e que ajuda a melhorar a nossa economia, nossos produtos, a nossa vida”, finalizou a produtora.

 A feira

Na região Guamá, a Feira do Produtor Rural é abastecida pelos municípios de Castanhal, Curuçá, Santa Izabel do Pará, São Francisco do Pará, Inhangapi, Igarapé-Açu e Terra Alta. Este é o segundo ano da iniciativa na cidade modelo. No primeiro ano, a Feira Livre gerou aproximadamente R$ 116 mil em negócios, nos dois dias de ação. Nesta edição, a expectativa é aumentar o faturamento dos feirantes em 50% em relação a 2017.